A lenda do teimoso

 

Eram dois irmãos gêmeos que viviam teimando o tempo todo e não chegavam a um acordo. Os dois eram gêmeos idênticos. Tinham cabelos

iguais, olhos iguais, hábitos iguais, os dois eram da mesma altura porém a única coisa que eles não tinham em comum era o raciocínio.

 

Eles passavam horas a fio discorrendo e debatendo sobre os assuntos do dia-a-dia sem chegar a um denominador comum. O pai deles querendo ver os dois em paz propôs-lhes uma tarefa: vocês têm que se desencantar da teimosia para viver em paz, façam isso; um de vocês dois vai até ao levante e pegue o sol com a mão, o outro vai até ao poente e pegue o sol com a mão. No dia seguinte eles lançaram sorte e então Lino viajou para o oriente a fim de pegar o sol com a mão.

 

 

Leno viajou para o ocidente a fim de pegar o sol com a mão. Lino saíu para a banda do meio dia para não caminhar de frente para o sol até chegar em algum lugar de onde se poderia dirigir-se para o leste e então pegar o sol com a mão. Leno saíu para a banda da meia noite para não caminhar de frente para o sol até chegar em algum lugar de onde poderia dirigir-se para o oeste e então pegar o sol com a mão. Lino andou o dia todo até que anoiteceu então ele teve que dormir num determinado sítio para no dia seguinte continuar sua jornada. 

 

Ao romper da aurora ele subiu numa montanha para descobrir um local onde pudesse pegar o sol com a mão. Então ele avistou uma penha que por detraz dela o sol vinha nascendo bonito e resplandecente. Desceu de pressa e caminhou até o local porém quando chegou lá o sol já ía alto demais e não foi desta vez que Lino pegou o sol com a mão. Leno também andou o dia todo até que anoiteceu então ele teve que dormir num determinado sítio para no dia seguinte continuar sua jornada. No dia seguinte ele subiu numa montanha a fim de avistar um local onde pudesse pegar o sol com a mão então ele avistou uma penha que por detraz dela o sol ía se pondo bonito e cintilante.

 

Desceu depressa e caminhou até o local porém quando chegou lá o sol já havia se posto e não foi desta vez que Leno pegou o sol com a mão.Lino então perguntou às pessôas que moravam naquele sítio se estava muito longe o lugar do nascimento do sol, eles disseram-lhe que o local do nascimento do sol estava ainda muito longe e ele teria que caminhar muitos dias até chegar neste lugar. Leno também perguntou às pessôas que moravam naquele sítio se o lugar do por do sol estava muito longe, eles disseram-lhe que o local do por do sol estava ainda muito longe e ele teria que caminhar muitos dias para chegar neste lugar.

 

 

Em fim eles continuaram andando um para o oriente o outro para o ocidente até que os dois se encontraram no meio do mundo sem pegar o sol com a mão. Só assim eles entenderam que a teimosia não tem sentido e para defender a verdade e a razão basta falar duas ou três vezes e deixe que a conciência fale mais alto.

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Quero Ler às 02:46